MENU

Municípios podem aderir ao "Ler e Escrever" e "São Paulo faz Escola"

Municípios podem aderir ao "Ler e Escrever" e "São Paulo faz Escola"

Atualizado: Segunda-feira, 31 Agosto de 2009 as 12

Secretaria de Estado da Educação abre convênios com prefeituras para implantação dos programas na rede municipal

A Secretaria de Estado da Educação inicia o programa de integração com as prefeituras para implantação dos programas Ler e Escrever e São Paulo Faz Escola na rede municipal de ensino. A iniciativa propõe o desenvolvimento de ações educacionais conjuntas entre as redes estadual e municipal.

"A troca de experiências positivas entre as redes é muito importante para a melhoria da qualidade do ensino", afirma o secretário de Estado da Educação, Paulo Renato Souza.

A Pasta irá disponibilizar todo o material dos dois projetos, entre eles a proposta curricular do Estado e os cadernos do professor e do aluno, que poderão ser impressos pela prefeitura e utilizados nas salas de aula.

Para firmar a parceria, o município interessado deve procurar a diretoria de ensino de sua região, que será responsável pela formalização do convênio e também deverá indicar um supervisor para coordenar a implantação das ações nas escolas.

Os programas

O programa São Paulo Faz Escola, criado em 2008, permitiu a criação de um currículo unificado para todas as escolas estaduais. Por meio da página do programa na internet (www.saopaulofazescola.com.br) a comunidade escolar pode enviar sugestões e participar da elaboração da proposta curricular. A ação também possibilitou a criação dos cadernos do professor e do aluno distribuídos a toda rede.

O Ler e Escrever é um completo programa da Secretaria para 1ª a 4ª série do Ensino Fundamental. O programa oferece materiais para educadores e alunos, além de contar com um professor auxiliar logo no 1º ano, que trabalha em conjunto com o professor regente. A primeira fase do projeto teve início em 2007 em escolas da Capital e alcançou a marca de 90,2% de alunos alfabetizados aos oito anos de idade em 2008. Em 2009, o programa foi expandido para o interior e litoral.

veja também