MENU

"Não há problemas de distribuição nos locais de prova do Enem", garante Inep

"Não há problemas de distribuição nos locais de prova do Enem", garante Inep

Atualizado: Segunda-feira, 28 Setembro de 2009 as 12

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) informou nesta segunda-feira, 28 de setembro, em nota, que ''não existe problema generalizado'' com a alocação dos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizado no próximo final de semana - 3 e 4 de outubro. Os locais de prova foram divulgados na semana passada e houve reclamações de estudantes sobre a distância entre suas residências e os locais onde foram acomodados. 

O Inep diz que a distância ''acima do habitual'' a ser percorrida alegada por alguns participantes da cidade de São Paulo é uma ''exceção'' no universo do Enem 2009. ''Tal fato foi gerado pelo descompasso entre o número de participantes do Enem dentro de uma determinada região e as escolas disponíveis para a aplicação da prova, o que tornou necessária a redistribuição dos inscritos para outras áreas'', diz a nota. Segundo o instituto, 200 solicitações desse tipo foram encaminhadas pelo Inep e estão sendo analisadas.

De acordo com o instituto, também não há casos de participantes que terão que realizar a prova em outro município, diferentemente do que foi informado no ato de inscrição. Segundo a nota, alguns candidatos selecionaram o município errado, ''gerando ocorrências que estão sendo analisadas e resolvidas pelo nosso serviço de atendimento''. Cerca de 400 reclamações desse tipo - 0,01% do total de inscritos - chegaram até o Inep.

As provas serão aplicadas em 113.857 salas de 10.385 escolas diferentes. Os participantes que ainda não receberam em casa o cartão de confirmação de inscrição podem consultar individualmente o local onde farão o exame no site do Inep. Cerca de 4,5 milhões de candidatos se inscreveram para participar da prova. A partir deste ano, o exame é requisito para a entrada em pelo menos 40 universidades federais, além de ser necessário para quem disputa uma bolsa do Programa Universidade para Todos (ProUni).

veja também