MENU

Ônibus escolares terão novas especificações

Ônibus escolares terão novas especificações

Atualizado: Sexta-feira, 17 Outubro de 2008 as 12

Os veículos escolares a serem adquiridos em 2009 - com recursos do programa ''Caminho da Escola'' - terão características diferentes dos atuais modelos. ''Está havendo uma mudança de conceito: estamos criando um ônibus totalmente voltado para o transporte de crianças na zona rural'', afirma José Carlos Wanderley de Freitas, diretor de administração e tecnologia do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), responsável pelo programa. Os modelos 2009 serão equipados com tração 4 x 2, chassi mais alto e eixos mais próximos da frente e da traseira do veículo, para facilitar sua saída de atoleiros.

Uma das principais inovações é que todos os ônibus terão equipamentos de acessibilidade, com uma cadeira de rodas especial que poderá ser descida até o nível do solo, para embarcar alunos com dificuldade de locomoção. Em função disso, a porta dos veículos será mais larga: o vão livre deve passar dos atuais 80 centímetros para 95 centímetros, a fim facilitar o manuseio da cadeira. Até agora, apenas três dos seis modelos em operação possuem mecanismo de acessibilidade.

Além disso, todos os ônibus possuirão tacógrafo eletrônico e GPS, equipamento que utiliza informações de satélites e possibilita visão geral da área percorrida. Esses aparelhos garantirão maior segurança para os estudantes e permitirão o controle do trajeto, dos tempos de percurso e de paradas e de consumo de combustível.

Outra mudança importante está relacionada à distribuição dos bancos e aos equipamentos internos. A largura do corredor central vai diminuir para aumentar a quantidade e o conforto dos assentos. Os veículos passarão a ter vidros temperados verdes, em vez de fumês; pára-barro na frente e atrás, e dispositivo passa-balsa, que garante maior estabilidade em estradas sinuosas.

Também virão com duas lixeiras, de nove litros de capacidade, na entrada e nos fundos. A prateleira embaixo dos bancos para transporte das mochilas dos estudantes será substituída por uma rede acima e outra nas costas dos assentos, para acomodação do material escolar.

Audiência

Todas essas modificações foram anunciadas durante audiência pública do programa ''Caminho da Escola'', realizada no dia 16 de outubro, na sede do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), no bairro do Rio Comprido, no Rio de Janeiro. Durante toda a manhã, os 40 participantes da audiência – em sua maioria, representantes dos fabricantes de ônibus e de equipamentos – questionaram e discutiram as novas especificações.

Na próxima semana, em uma nova reunião, o FNDE, o Inmetro e representantes das indústrias de ônibus e equipamentos conversarão mais detalhadamente sobre as especificações da cadeira de rodas especial e demais condições para garantir a acessibilidade.

veja também