MENU

Novo reitor da UFPE toma posse nesta terça-feira

Novo reitor da UFPE toma posse nesta terça-feira

Atualizado: Terça-feira, 11 Outubro de 2011 as 11:51

 O doutor em Engenharia Civil e pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Anísio Brasileiro, toma posse nesta terça-feira (11) como reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Brasileiro foi eleito no dia 26 de abril deste ano e obteve 60,08% dos votos. A cerimônia de posse acontece a partir das 9h, no Centro de Convenções de Pernambuco.

O novo reitor pretende investir os recursos anuais da UFPE – que são da ordem de R$ 1 bilhão - no fortalecimento da graduação e da pós-graduação, em particular as políticas de assistência estudantil. “Investir na educação superior nunca é um custo. Um dos desafios nossos será, justamente, tornar os fluxos mais rápidos, melhorar a humanização do campus e qualidade de vida dos nossos estudantes, dando continuidade ao avançado obtido pelo reitor Amaro Lins”, diz.

Brasileiro disputou o cargo com o professor Pierre Lucena, que obteve o segundo lugar com 29,23% dos votos, seguido por Gilson Edmar, com 9,97%. A chapa vencedora é formada pelo médico Sílvio Romero Marques, do Centro de Ciências da Saúde (CCS), eleito vice-reitor. Do total de 37.926 eleitores aptos, entre alunos, professores e técnicos administrativos, o quórum final da eleição foi de 16.423 votantes - sendo 16.066 votos válidos, 184 nulos e 173 brancos.

Enem

De acordo com Anísio Brasileiro, a UFPE continuará usando a redação do Enem na 2ª fase do vestibular da Universidade. “O Enem é um dos maiores avanços que nós tivemos no Brasil, que possibilita a identidade nacional e um conhecimento de todos os estudantes sobre a realidade do seu país”, afirma.

Hospitais universitários

Segundo Brasileiro, Pernambuco recebeu um recurso de R$ 5 milhões do Ministério da Saúde, para investimentos no programa de reestruturação dos hospitais universitários do Estado: "Esses recursos estão sendo utilizados na aquisição de novos equipamentos, reformas de laboratórios, ampliação das instalações, além da criação de uma emergência para que o hospital continue a oferecer um serviço de qualidade a nossa população”.

veja também