MENU

Procurador do CE entrega relatório sobre Enem ao presidente da OAB

Procurador do CE entrega relatório sobre Enem ao presidente da OAB

Atualizado: Quarta-feira, 1 Dezembro de 2010 as 11:32

O procurador da República Oscar Costa Filho entregou nesta terça-feira (30) documentos que comprovam os problemas registrados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ao presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante.

Segundo o Ministério Público Federal do Ceará, entre os documentos está o relatório feito pela Polícia Federal em Juazeiro (BA), que reúne informações sobre o vazamento do tema da redação do Enem.

O MPF informou que por "compreender que o concurso está viciado, encaminhará o relatório à Justiça Federal para fundamentar a Ação Incidental Declaratória, solicitando por definitivo a anulação do exame."

De acordo com o MPF, o procurador da República Oscar Costa Filho entende que "a conclusão do inquérito é taxativa quanto ao vazamento da prova de redação, e neste caso a situação não pode ser mantida."

Vazamento

Uma professora que trabalhou como fiscal do Enem confessou à PF que viu um dos textos de apoio da redação, que falava sobre escravidão, ligou para o marido e contou o que viu. Ele fez pesquisas na internet sobre o assunto e passou informações ao filho, que fez a prova em Petrolina (PE). Os dois professores foram indiciados pela polícia.

Em nota, no dia 24 de novembro, o MEC informou que o caso apurado pela PF é restrito a um estudante que já foi eliminado. O ministério disse que o sigilo do tema da redação foi mantido, uma vez que a professora indiciada repassou o tema "O que é Trabalho Escravo", sendo que o cobrado foi "O Trabalho na Construção da Dignidade Humana."

O MEC manteve para o dia 15 de dezembro a aplicação do Enem somente para os estudantes que tiveram problemas com as provas amarelas registrados em ata pelos fiscais. Até o dia 23 de novembro, 2.817 alunos haviam sido identificados nesta situação.

veja também