MENU

Professores da rede pública recebem tablets em Alvorada

Professores da rede pública recebem tablets em Alvorada

Atualizado: Terça-feira, 29 Novembro de 2011 as 11:35

A partir de terça-feira, 37 professores da Escola Estadual de Ensino Fundamental Stella Maris, de Alvorada (RS), passam a contar com tablets para planejar e realizar seus trabalhos pedagógicos. Segundo a Secretaria de Estado da Educação do RS (Seduc), o projeto é inédito na rede pública de escolas do Brasil.

O projeto-piloto de entrega dos tablets busca modernizar o trabalho realizado em sala de aula. A seleção da escola Stella Maris levou em consideração a localização da escola em Território da Paz e a disponibilidade de sinal para acesso à internet.

A ideia é fruto de uma parceria entre a Samsung e a Claro, que disponibilizam os equipamentos e a tecnologia 3G, e a empresa MSTech, que está desenvolvendo softwares educacionais para uso dos professores.

De acordo com o coordenador de Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs) do Departamento de Logística e Suprimentos da Seduc, Daniel Pinto, o projeto-piloto na Stella Maris será avaliado pela Seduc. A análise definirá se a inciativa será estendida na rede estadual.

A partir de terça-feira, 37 professores da Escola Estadual de Ensino Fundamental Stella Maris, de Alvorada (RS), passam a contar com tablets para planejar e realizar seus trabalhos pedagógicos. Segundo a Secretaria de Estado da Educação do RS (Seduc), o projeto é inédito na rede pública de escolas do Brasil.

O projeto-piloto de entrega dos tablets busca modernizar o trabalho realizado em sala de aula. A seleção da escola Stella Maris levou em consideração a localização da escola em Território da Paz e a disponibilidade de sinal para acesso à internet.

A ideia é fruto de uma parceria entre a Samsung e a Claro, que disponibilizam os equipamentos e a tecnologia 3G, e a empresa MSTech, que está desenvolvendo softwares educacionais para uso dos professores.

De acordo com o coordenador de Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs) do Departamento de Logística e Suprimentos da Seduc, Daniel Pinto, o projeto-piloto na Stella Maris será avaliado pela Seduc. A análise definirá se a inciativa será estendida na rede estadual.    

veja também