MENU

Professores de universidades estaduais fazem protesto na Bahia

Professores de universidades estaduais fazem protesto na Bahia

Atualizado: Quinta-feira, 10 Junho de 2010 as 10:31

Professores das quatro universidades estaduais da Bahia fizeram um protesto na Avenida ACM, em frente ao shopping Iguatemi, em Salvador, nesta quarta-feira (9), para reivindicar a incorporação de gratificações aos salários.

Devido à manifestação, os educadores paralisaram as atividades na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), na Universidade Estadual da Bahia (Uneb), na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

Nesta quinta-feira (10), os professores fazem assembleias nos quatro campi para decidir se entram em greve por tempo indeterminado. ''Protocolamos a reivindicação em novembro e até agora não tivemos resposta do governo. O indicativo é de greve'', disse o coordenador da Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Adufs), Jucélio Dantas da Cruz.

O coordenador de Ensino Superior da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Clóvis Caribé, afirmou que o governo está disposto a discutir a incorporação em novembro, após as eleições. ''A proposta é justa e possível de ser discutida, mas mudanças salariais só poderão ocorrer neste ano após as eleições'', disse Caribé.

De acordo com Caribé, um termo de compromisso da secretaria de que irá discutir a questão foi entregue às associações representantes dos educadores em 19 de maio. ''Estamos dispostos a criar comissões técnicas sobre o assunto para chegarmos a novembro com algo encaminhado''.

veja também