MENU

Provas do caderno amarelo do Enem podem ser reaplicadas ainda em novembro

Provas do caderno amarelo do Enem podem ser reaplicadas ainda em novembro

Atualizado: Terça-feira, 9 Novembro de 2010 as 8:08

Caso seja necessário reaplicar a avaliação do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para os estudantes prejudicados pelo erro de impressão dos cadernos de prova amarelos, as datas mais prováveis são o último final de semana de novembro ou o primeiro de dezembro.

Um lote de 21 mil cadernos de prova amarelos distribuídos no sábado apresentou erro na montagem. Eles não continham todas as 90 questões das provas de ciências da natureza e humanas. Ainda não há um levantamento oficial do número de candidatos afetados pelo problema. Isso porque em cada local de aplicação há uma reserva técnica de 10% de cadernos de provas para serem trocados caso haja algum defeito no material.

Além do problema com os cadernos amarelos, a folha em que os estudantes marcam as respostas das questões estava com o cabeçalho das duas provas trocado. O exame teve 90 questões, sendo a primeira metade de ciências humanas e o restante de ciências da natureza. Mas, na folha de marcação, as questões de 1 a 45 eram identificadas como de ciências da natureza e as de 46 a 90, como de ciências humanas.

Os estudantes que tenham sido prejudicados pelos cabeçalhos trocados poderão entrar com um requerimento a partir de quarta-feira (10) no site do Enem. De acordo com o Inep, o erro foi detectado logo que as provas começaram e todos os fiscais das 128 mil salas de prova foram avisados para orientar os estudantes a seguir a ordem numérica das questões. Participantes relataram, no entanto, que houve divergência nessas orientações.

A Defensoria Pública da União (DPU) vai recomendar ao Ministério da Educação (MEC) a anulação das provas aplicadas nesse fim de semana. Caso o governo não acate o pedido, o órgão ajuizará uma ação civil pública contra a pasta.

Por: Amanda Cieglinski

veja também