MENU

Retardatários perdem 2º dia do vestibular da UPE e culpam o trânsito

Retardatários perdem 2º dia do vestibular da UPE e culpam o trânsito

Atualizado: Segunda-feira, 5 Dezembro de 2011 as 11:16

Celine Brito perdeu o segundo dia do vestibular 2012

da UPE (Foto: Katherine Coutinho / G1 PE)  Os portões da Escola Politénica de Pernambuco (Poli), no bairro da Madalena, no Recife, foram fechados pontualmente às 8h, para o segundo dia do processo seletivo para a Universidade de Pernambuco (UPE), nesta segunda-feira (5). Cinco pessoas chegaram atrasadas, a maioria encarando os portões e dando meia-volta para ir embora.

A jovem Celine Brito, que tenta vestibular para Administração, foi às lágrimas e começou a se sentir mal ao ver que ficara do lado de fora. "Peguei muito engarrafamento na [Avenida] Caxangá", contou, quase sem conseguir falar. O trânsito foi o culpado também pelo atraso de Ilton Vilarin, que tenta uma vaga em Engenharia Mecatrônica. "No ano que vem, saio duas horas antes de casa", disse.

Situações como essa mexem com a dona de casa Joseane de Carvalho, que veio trazer o filho e vai esperá-lo do lado de fora durante toda a manhã. "Me dá um aperto no coração ver esses jovens chegando sozinhos e atrasados. Eu até choro com eles", lamentou Joseana.

Joseane de Carvalho chega a chorar com

os retardatários (Foto: Katherine Coutinho / G1 PE) Outra mãe que vai ficar para apoiar o filho, que tenta uma vaga na graduação de Odontologia pela segunda vez, foi a enfermeira Edilene Rosal, que mal dormiu na última noite pela ansiedade. "É muita tensão, eu vou ficar aqui andando para aliviar a ansiedade. Acordei às quatro da manhã", explicou Edilene.          

veja também