MENU

Seminário apresenta secretaria e aproxima sistemas de ensino

Seminário apresenta secretaria e aproxima sistemas de ensino

Atualizado: Sexta-feira, 30 Setembro de 2011 as 10:26

O Ministério da Educação apresenta sua nova Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino (Sase) no ciclo de seminários regionais A Sase e a articulação com os sistemas de ensino. Os primeiros foram realizados em Teresina e no Rio de Janeiro.

Um dos objetivos do ciclo é estreitar os laços entre os entes públicos de educação, e assim conhecer o trabalho realizado pelas secretarias de educação, fóruns e instâncias colegiadas das regiões brasileiras; estabelecer o diálogo acerca dos programas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), e reunir informações para elaboração de uma agenda focada na construção do Sistema Nacional de Educação (SNE).

Presente ao encontro, o secretário da Sase, Carlos Abicalil, afirmou que o momento é propício para refletir e debater sobre os desafios da área educacional de maneira cooperativa e democrática. “É um tempo fecundo, em que velhos temas continuam em cena, mas exigem novos pactos, balizados pela colaboração federativa e pela configuração de espaços e tempos de interação, na perspectiva da construção do Sistema Nacional de Educação”, disse o secretário.

O ciclo de seminários terá ainda o encontro para região Centro-Oeste, nos dias 5 e 6 de outubro, em Cuiabá; região Sul, em Porto Alegre, 19 e 20 outubro; região Norte, nos dias 26 e 27 de outubro, em Belém; e Recife recebe o seminário da região Nordeste dias 9 e 10 de novembro.

Sase - A Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino, de acordo com o decreto nº. 7.480, de 16 de maio de 2011, que a criou, tem atribuições específicas para apoiar o desenvolvimento de ações para a criação de um sistema nacional de educação, aprofundando o regime de cooperação entre os entes federados; assistir e apoiar o Distrito Federal, os estados e municípios na elaboração, adequação, acompanhamento e avaliação democrática de seus planos de educação em consonância com o estabelecido no PNE, bem como no aperfeiçoamento dos processos de gestão na área educacional; promover a valorização dos profissionais da educação, apoiando e estimulando a formação inicial e continuada, a estruturação da carreira e da remuneração e as relações democráticas de trabalho. (Diego Rocha)

veja também