MENU

UFMG diz que 3.326 candidatos foram reconvocados para 2ª etapa

UFMG diz que 3.326 candidatos foram reconvocados para 2ª etapa

Atualizado: Domingo, 23 Janeiro de 2011 as 12:15

Uma decisão da 6ª Vara da Justiça Federal do Maranhão determinou, na noite deste sábado (22), que a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) deve convocar os 3.326 candidatos que tiveram zero ou ficaram sem nota em pelo menos uma prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a segunda etapa do Vestibular 2011. A decisão foi confirmada pela assessoria de imprensa da UFMG, na manhã deste domingo (23). O Enem funcionou como a primeira etapa do processo seletivo da universidade. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), da decisão caberia recurso. Mas UFMG confirmou neste domingo (23) que não vai recorrer desta última decisão, e que a estrutura para receber os 3.326 está pronta.

De acordo com a UFMG, o Centro de Computação (Cecom) da universidade disparou, na noite de sábado (22), e-mails para todos os 3.326 avisando da convocação para as provas da segunda etapa. Os candidatos podem, também, imprimir o comprovante de inscrição, que contém o local e o horário da prova, no site da Comissão Permanente do Vestibular (Copeve).

Uma decisão de sexta-feira (21) da 16ª Vara da Justiça Federal em Minas determinava que a UFMG deveria incluir na segunda etapa do Vestibular 2011 os 3.326 alunos que tiveram problemas com a certificação de suas notas no Enem. Na noite de sexta-feira (21), o STJ anunciou uma decisão que revogava a liminar coletiva da Justiça Federal em Minas e, neste momento, somente os alunos que obtiveram liminares individuais poderiam participar das provas, que começam neste domingo (23). De acordo com a UFMG, no sábado (22) a Defensoria Pública de Minas Gerais recorreu à 6ª Vara da Justiça Federal do Maranhão, órgão indicado pelo STJ para julgar todos os casos que envolvessem problemas com o Enem. Segundo a universidade, o juiz federal substituto Rubem Lima de Paula Filho concedeu nova liminar, na noite de sábado, obrigando a UFMG a incluir na segunda etapa todos os 3.326 candidatos.

A UFMG ainda disse que esta última decisão diz respeito somente aos 3.326 candidatos com problemas na certificação do Enem. A decisão anterior do STJ sobre o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) está mantida, segundo a universidade. Com isso, o prazo de inscrição não será prorrogado.

Segundo explicou a assessoria de imprensa da UFMG, o candidato que não fizer a prova neste domingo está desclassificado do Vestibular 2011.  

veja também