MENU

Universidade luso-afro-brasileira adia início das aulas

Universidade luso-afro-brasileira adia início das aulas

Atualizado: Quinta-feira, 17 Março de 2011 as 8:48

A mais nova universidade federal do país, a Universidade Federal da Integração Luso-Afro-Brasileira (Unilab), em Redenção, no Ceará, adiou o início das aulas desta segunda-feira (15) para 25 de maio pelo atraso na entrega dos três blocos de prédios da universidade pela prefeitura da cidade, proprietária dos edifícios e responsável pela reforma e adequação das instalações.

Criada em julho passado, a universidade tem a proposta de oferecer metade das vagas a brasileiros e a outra metade a estrangeiros. Segundo o reitor, Paulo Speller, a prefeitura prometeu entregar o prédio da área administrativa, que também abriga biblioteca, até 25 de março. A data prevista era 30 de novembro de 2010. Os outros dois blocos estão previstas para entrega até 30 de março. Um deles tem seis salas de aula e o outro tem um restaurante. O governo estadual do Ceará investiu R$ 3 milhões nas obras, segundo Speller. O G1 procurou a Prefeitura de Redenção, mas não teve retorno.

A instituição deve começar as aulas com 180 brasileiros e 43 estrangeiros de países do continente africano e do Timor Leste. A seleção dos brasileiros foi feita pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2010 e teve mais de três mil inscritos, segundo a universidade. Já foram escolhidos estudantes para a primeira turma, de 25 de maio, e outros 180 para começarem as aulas seis meses depois, de acordo com Speller.

A seleção dos estrangeiros foi feita pelo histórico escolar de cada um e teve ajuda dos consulados brasileiros nos países de origem. Há alunos de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe e do Timor Leste.

Os cursos oferecidos são: bacharelado em agronomia, administração pública, enfermagem, engenharia de energias e licenciatura em ciências da natureza e matemática.

De acordo com o reitor, um novo campus da Unilab será construído em Redenção, na divisa com a cidade de Acarape. A licitação deverá ser feita neste ano, para início das obras em 2012 e funcionamento em 2013. O projeto da Unilab prevê o atendimento de cinco mil alunos em cinco anos.

De acordo com a reitoria, a programação para a aula inaugural em 25 de maio, Dia da África, está sendo elaborada e tem na lista de convidados a presidente Dilma Rousseff, o ministro da Educação, Fernando Haddad, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Por Fernanda Nogueira

veja também