MENU

Universidades do Brasil assinam convênio de cooperação com México

Universidades do Brasil assinam convênio de cooperação com México

Atualizado: Quarta-feira, 2 Junho de 2010 as 12:07

Universidades de excelência brasileiras assinaram nesta terça-feira (1) um acordo de cooperação com instituições de ensino superior mexicanas em reunião paralela ao 2º Encontro de Reitores Universia, em Guadalajara, no México.

Entre as universidades que firmaram a parceria estão a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) e outras que completam um total de 50 participantes do “Grupo de Coimbra”.

Esse grupo foi criado em 2008 com o intuito de fortalecer relações entre as próprias instituições de ensino superior brasileiras e com universidades de Portugal e da Espanha. O nome é uma forma de reconhecer a Universidade de Coimbra, em Portugal, como a “alma mater” das instituições do Brasil, segundo o coordenador da área de cooperação internacional da UFMT, Paulo Teixeira de Souza Júnior.

Entre as ações concretas que fazem parte do acordo assinado com a Associação Nacional de Universidades e Instituições de Ensino Superior (ANUIES), do México, está a possibilidade de mobilidade dos estudantes, o ensino de espanhol e português, e o desenvolvimento de projetos de pesquisas em comum.

''Acordos desse tipo promovem a internacionalização, que contribui para melhorar a qualidade do ensino com o intercâmbio de informações e dos estudantes'', disse Souza Jr.

Além de grandes acordos como o do ''Grupo de Coimbra'', pequenas instituições de ensino superior, como a Universidade Feevale, uma universidade comunitária de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, tiveram a oportunidade de firmar acordos bilaterais no encontro em Guadalajara.

A instituição já recebe quatro estudantes da Universidade de La Salle Bajío, da cidade mexicana de León, no México, em seu curso de moda. ''Os próprios estudantes entraram em contato conosco e disseram que gostariam de conhecer nosso curso. Aqui (no encontro), pudemos conhecer os reitores da universidade pessoalmente e discutir novas possibilidades de troca de informações e de estudantes'', disse o reitor da Feevale, Ramon Fernando da Cunha. Um elo entre as duas universidades é o fato de ambas estarem localizadas em áreas produtoras de sapatos, assunto que faz parte das disciplinas de seus cursos.

Além dos acordos assinados, dirigentes de universidades brasileiras dizem que o encontro serviu para que tivessem a oportunidade de fazer contato para convênios futuros. ''Universidades mexicanas demonstraram interesse na nossa metodologia de gestão da educação à distância'', afirmou o diretor geral da Faculdade Integrada da Grande Fortaleza, José Liberato Barrozo Filho.

Por Fernanda Nogueira

veja também