MENU

Vírgula: Quando usar, ou não

Vírgula: Quando usar, ou não

Atualizado: Segunda-feira, 27 Julho de 2009 as 12

O uso da vírgula é um dos casos que mais apresenta problemas para quem escreve. A tabela abaixo resolve os principais deles.

Vírgula proibida Exemplo Entre sujeito e predicado ou entre predicado e sujeito

O ministro das Relações Exteriores da França está em Brasília/

Está em Brasília o ministro das Relações Exteriores da França.

Entre verbo e seu(s) complemento(s)

O presidente disse aos governadores que não aceita a proposta; O ministro informou aos jornalistas que não participará da entrevista; O ministro apresentou todos os projetos de privatização aos investidores presentes.

Vírgula obrigatória

Exemplo

Depois de orações adverbiais antepostas

Se não chover, haverá jogo;

Quando a economia entrou em colapso,o ministro renunciou; Ao deixar o governo, o prefeito voltará a dar aulas na universidade.

Antes do que que introduz oração explicativa

Nosso time, que ganhou o torneio neste ano, foi vice dessa competição em 55 e 56.

Quando há elipse do verbo

Os cariocas preferem praia; os paulistas, shopping.

Para separar conjunções contíguas

Irá a São Paulo, mas, se não receber o cachê antes, não cantará; Disse que, quando for a Brasília, tentará uma audiência com o presidente.

Antes de mas (com sentido de porém), porém, contudo, entretanto, todavia, portanto, por isso etc

Jogou bem, mas perdeu; Estudou, porém foi reprovado; O acordo não será renovado, portanto os empregos serão mantidos

Antes de e que introduza oração de sujeito diferente do da anterior, se, sem a vírgula, houver a possibilidade de entender o sujeito da segunda oração como complemento do verbo da primeira

Fifa pune Maradona, e Pelé recebe prêmio.

Para separar adjuntos adverbiais de natureza diferente

Ontem à noite, no Pacaembu, sem sete titulares, sob chuva forte, o Corinthians derrotou o Juventude.

Vírgula optativa

Exemplo

Com expressões adverbiais breves, antepostas ou intercaladas

O São Paulo enfrenta neste sábado mais um desafio (ou O São Paulo enfrenta, neste sábado, mais um desafio); O governador participará em Brasília de uma reunião com o ministro da Fazenda (ou O governador participará, em Brasilia, de uma reunião com o ministro da Fazenda).

Depois de no entanto, entretanto, por isso, porém, contudo, portanto, todavia, quando essas palavras ou expressões iniciarem o período

No entanto o presidente deixou claro que não aceitará a proposta da oposição (ou No entanto,o presidente deixou claro que...).

Atenção: essa opção não existe quando essas palavras ou expressões não iniciarem o período

O presidente aceita participar da reunião, no entanto avisa que não aceitará a proposta da oposição.

Antes de orações adverbiais de alguma extensão que venham depois da principal

O prefeito deixará o partido se a Câmara aprovar a CPI sobre títulos públicos (ou O prefeito deixará o partido, se a Câmara aprovar a CPI dos títulos públicos);

O jogador não disputará a próxima partida porque foi suspenso pelo Tribunal de Justiça da CBF (ou O jogador não disputará a próxima partida, porque foi suspenso pelo Tribunal de Justiça da CBF).

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também