MENU

Criciúma bate o Chapecoense e fica a um empate do título catarinense

Criciúma bate o Chapecoense e fica a um empate do título catarinense

Atualizado: Segunda-feira, 9 Maio de 2011 as 8:07

Em um jogo disputado e muito movimentado, o Criciúma venceu o Chapecoense, neste domingo, por 1 a 0 (assista ao gol) , no Estádio Heriberto Hulse, e deu um grande passo na luta pelo título do Campeonato Catarinense de 2011. Com o resultado, o Tigre joga por um empate, no próximo domingo, em Chapecó, para conquistar o décimo estadual de sua história. Emprestado pelo Internacional, o atacante Talles Cunha marcou o gol da vitória.

Precisando da vitória para reverter a vantagem do Chapecoense, que tem melhor campanha no estadual e joga por dois resultados iguais na decisão, o Criciúma foi para cima desde o início. Mas deixou espaços que foram bem aproveitados pelo adversário. Antes dos 20 minutos, Aloísio e Cleverson tiveram boas chances para abrir o placar para a equipe de Chapecó. Aos poucos, o Tigre foi equilibrando a partida. E teve um gol corretamente anulado aos 46. Após cobrança de falta, Schwenck, em posição de impedimento, marcou de cabeça.

As duas equipes voltaram do intervalo decididas a vencer a partida. E esse espírito propriciou um segundo tempo bem movimentado. Todos os ataques levavam perigo e obrigavam os goleiros Andrey e Rodolpho a trabalharem. Pelo lado do Chapecoense, Cleverson criava as melhores jogadas. No Criciúma, era Roni quem conduzia a equipe ao ataque.

Com tantas oportunidades, parecia difícil que o jogo fosse terminar 0 a 0. E aos 28 minutos, debaixo de chuva forte, Talles Cunha pôs os donos da casa em vantagem. Após cobrança de falta, Pirão ajeitou de cabeça para o meio da área e Talles finalizou de cabeça. A bola ainda bateu no goleiro Rodolpho e novamente em Talles antes de entrar.

- Esse gol significa que estamos com uma mão na taça. Agora é só trabalhar essa semana, rever alguns erros e manter a mesma postura em Chapecó - disse o autor do gol.

A segunda partida da final será no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Condá, em Chapecó. O Chapecoense, que ainda não foi derrotado em casa no Campeonato Catarinense, precisa de uma vitória simples por 1 a 0 para conquistar seu quarto título estadual.        

veja também