MENU

Depois de atacar mercado, Fla vira a mira para manter o elenco

Depois de atacar mercado, Fla vira a mira para manter o elenco

Atualizado: Sexta-feira, 20 Agosto de 2010 as 8:02

O Flamengo foi às compras e trouxe na bagagem Diogo e Deivid como objetos de valor no último dia da janela de transferências internacionais. Mas, passado o estresse do momento decisivo, a diretoria muda a mira do trabalho e pensa na manutenção do elenco e, talvez, a contratação de um apoiador no mercado nacional.

A prioridade é a renovação de três compromissos: Maldonado, Toró e Juan. O primeiro termina no fim deste mês, o segundo em outubro e o lateral-esquerdo fica livre no último dia do ano.

- Vamos atacar as renovações. A nossa parte com o Maldonado está resolvida, mas falta o acerto dele com o empresário (Juan Figger, com quem o chileno tem contrato até dezembro). Ainda temos o Toró e o Juan. Todos serão procurados – declarou o diretor de futebol Zico.

O dirigente preocupou-se em deixar uma mensagem aos atletas:

- Quero que eles não desconfiem da importância que tem para o Flamengo. Entendo o lado profissional de cada um, mas vamos negociar dentro daquilo que o clube pode.

Willians, o cobiçado

Se a janela de entrada do exterior fechou na última quinta-feira ainda há espaço para saídas para o futebol europeu até o dia 31 de agosto. O único atleta cobiçado até o momento é Willians.

Em Portugal, a imprensa o coloca como possível substituto de Ramires no Benfica. Mas o interesse mais forte e a proposta que mais o balança vem de outro país. No entanto, o empresário Sérgio Dias ainda não sabe o valor que a equipe se dispõe a pagar. A multa é de € 10 milhões (cerca de R$ 22 milhões).

- Ligaram avisando que enviariam a proposta, mas ainda não chegou. Não será fácil tirá-lo do Flamengo – disse o agente do jogador.

Por enquanto, como não foi procurada, a diretoria rubro-negra apenas aguarda.

- Não recebi nada – afirmou Zico.

O Flamengo tem 40% dos direitos econômicos do atleta (40% pertencem ao Santo André e 10% a Sérgio Dias) e o contrato dele termina em janeiro de 2014. Willians recebeu aumento no início do ano, mas está longe do topo dos maiores salários no clube.

veja também