MENU

Para ampliar recorde, Coritiba visita o Caxias-RS pelas oitavas de final

Para ampliar recorde, Coritiba visita o Caxias-RS pelas oitavas de final

Atualizado: Quinta-feira, 28 Abril de 2011 as 10:37

No jogo de ida, Rafinha e Davi marcaram na goleada de 4 a 0 (Foto: Agência Estado)

  Com ampla vantagem, o Coritiba visita o Caxias-RS na noite desta quinta-feira, às 19h30m, no Estádio Centenário, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. No jogo de ida, na capital paranaense, o Coxa venceu por 4 a 0. Com isso, pode perder por até três gols que garante a vaga nas quartas. O classificado desse confronto enfrenta o Palmeiras, que passou pelo Santo André com duas vitórias.

No jogo desta quinta-feira, aliás, o Coritiba pode superar o recorde do Verdão paulista. Na atual temporada, o Coxa igualou o recorde de vitórias do Palmeiras-1996: 21 triunfos. Se vencer, o clube paranaense será o único dono do recorde.

Porém, o técnico Marcelo Oliveira tem problemas para escalar a equipe. Ele não conta com Pereira, Marcos Aurélio e Bill. Outro adversário extra campo é o natural relaxamento do time após a conquista do Paranaense e em um jogo aparentemente resolvido.

O time adversário também não tem todos à disposição. O volante Edenilson foi expulso na partida de ida e cumpre suspensão. Mas a principal novidade do Caxias está no banco de reservas. O técnico Guilherme Macuglia fará a estreia pelo time gaúcho na noite desta quinta-feira.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha todos os lances da partida em Tempo Real, com vídeo dos principais lances. O árbitro do confronto será Jefferson Schmidt, auxiliado por Juliano Fernandes e Helton Nunes, trio de Santa Catarina.

Caxias: a derrota por 4 a 0 no jogo de ida praticamente eliminou o time do Rio Grande do Sul. Agora, ele precisa vencer por diferença de cinco gols. Se fizer 4 a 0, a decisão vai para os pênaltis. Ciente da difícil situação, o time quer quebrar o tabu alviverde.

Coritiba: com a vitória no clássico Atletiba, o Coxa se igualou ao Palmeiras, que conquistou 21 vitórias seguidas em 1996. Se vencer o Caxias, além de manter a invencibilidade em 2011 e avançar na competição, o Coritiba estabelece nova marca.

Caxias : o volante Edenilson cumpre suspensão pela expulsão no jogo de ida, em Curitiba. Já o goleiro André Sangalli deve voltar ao time. Portanto, o Caxias deve começar com André Sangalli; Alisson, Edson Rocha, Neto e Gerley; Marcos Rogério, Dê, Edenilson e Itaqui; Everton e Lima.

Coritiba: o zagueiro Pereira, com fadiga muscular; o atacante Marcos Aurélio, com dores na coxa; e o atacante Bill, suspenso, não jogam. A provável escalação: Edson Bastos; Jonas, Cleiton, Emerson e Lucas Mendes; Leandro Donizete, Léo Gago, Rafinha e Davi; Anderson Aquino e Leonardo.

Caxias: Lima, artilheiro da equipe no Campeonato Gaúcho, com 11 gols marcados, é a principal esperança de gols do Caxias.

Coritiba: Leonardo marcou o terceiro gol do Alviverde na vitória sobre o Atlético-PR, pelo estadual. Com a chance entre os titulares, o novo camisa 9 quer aproveitar para se firmar entre os 11.

Guilherme Macuglia, técnico do Caxias "Eu gosto de chegar e logo participar. Não tem porque não estar com os atletas contra o Coritiba. Esperamos fazer o melhor possível para ganhar a partida " .   Leonardo, atacante do Coritiba: "Os primeiros 15 minutos são os mais importantes, porque eles vão tentar fazer pressão para marcar o gol. A vantagem é muito grande, então eles vão tentar pressionar e nós temos que ajudar a marcar para surpreender, fazer um gol e tentar matar o jogo " .

* Caxias e Coritiba já se enfrentam dez vezes desde 1976. Foram três vitórias do time gaúcho; cinco dos paranaenses e dois empates. O Caxias marcou oito e sofreu 18 gols.

* Pelo Campeonato Gaúcho, o Caxias disputou nove partidas como mandante. Ele obteve cinco vitórias, três empates e apenas uma derrota; marcou 16 e sofreu 11 gols. Com essa campanha, chegou à final da Taça Piratini, o primeiro turno da competição. Na decisão, porém, ele perdeu nos pênaltis para o Grêmio, no Olímpico.

* Pelo Campeonato Paranaense, o Coxa jogou 11 vezes fora de casa, com nove vitórias e dois empates. A equipe comandada por Marcelo Oliveira marcou 28 gols e sofreu oito. Pela Copa do Brasil, foram duas partidas como visitante: vitória por 1 a 0 sobre o Ypiranga-RS e por 2 a 1 sobre o Atlético-GO.

No jogo de ida, Davi e Bill colocaram o Coritiba em vantagem na etapa inicial. No segundo tempo, Rafinha e novamente Bill completaram o marcador. O jogo teve público de 14.500 torcedores e foi disputado no dia 14 de abril, no Estádio Couto Pereira.      

veja também