MENU

Para Mourinho, clássico terminaria 0 a 0 se Pepe não fosse expulso

Para Mourinho, clássico terminaria 0 a 0 se Pepe não fosse expulso

Atualizado: Quinta-feira, 28 Abril de 2011 as 3:58

  José Mourinho saiu na frente na guerra das palavras contra Pep Guardiola, mas viu o rival abrir bela vantagem no duelo dentro de campo. Com a vitória de 2 a 0 sobre o Real Madrid quarta-feira, o Barcelona ficou muito perto de conseguir a classificação em casa para a final da Liga dos Campeões. Após empatar no Campenato Espanhol (1 a 1) e vencer a decisão da Copa do Rei (1 a 0) contra o rival, o português afirmou que a partida no Santiago Bernabéu terminaria 0 a 0 se não fosse a expulsão de Pepe.

Aos 16 minutos do segundo tempo, o luso-brasileiro entrou de sola em Daniel Alves e recebeu o cartão vermelho direto. Irritado, Mourinho ironizou o árbitro alemão Wolfgang Stark e também foi expulso, tendo que assistir ao restante do confronto em uma cadeira na arquibancada. O técnico culpou o juiz e disse que o Barça não precisa ser ajudado pela arbitragem, pois tem uma excelente equipe.

- Hoje (quarta) íamos empatar por 0 a 0. Na volta, eles poderiam vencer, com méritos, e teríamos ‘fair play’ para aceitar. Mas por que agora, num jogo equilibrado e que daria 0 a 0, acontece isso? Só o juiz pode dizer, mas não vai responder, pois vai para casa sem falar nada – afirmou.

Mourinho explicou que seu plano era segurar o ataque do Barcelona o maior tempo possível e nos minutos finais tentar surpreender o adversário, repetindo a tática usada nos dois clássicos anteriores, quando conseguiu empatar e vencer na prorrogação. Por isso, escalou Özil no ataque, como “camisa 9”, e só colocou Adebayor em campo no segundo tempo no lugar do meia alemão.

Pela sua estratégia, Kaká entraria depois da metade da etapa final no lugar do volante Lass. O brasileiro começou a aquecer ainda no primeiro tempo, depois continuou se exercitando no lado do gramado após o intervalo, mas a expulsão de Pepe mudou os planos do treinador e o camisa 8 acabou não participando da partida.

- O planejamento de jogo passa por muitas fases. Não sofrer gols, frustrar o adversário, colocar um ‘9’ fixo, depois colocar um ‘10’ puro por trás dos atacantes... Esse é o plano. Em um jogo que está 0 a 0, que parece que vai dar 0 a 0, você tem que arriscar – concluiu.

A partida de volta será terça, às 15h45 (de Brasília), no Camp Nou, com transmissão ao vivo da TV Globo e do GLOBOESPORTE.COM. Para se classificar, o Real tem que vencer o Barça por três gols de diferença.        

veja também