MENU

Torcida do Botafogo volta a protestar e pede a saída do presidente

Torcida do Botafogo volta a protestar e pede a saída do presidente

Atualizado: Quarta-feira, 27 Abril de 2011 as 2:43

A torcida do Botafogo continua protestando contra os maus resultados do time na temporada. Na manhã desta quarta-feira os muros da sede de General Severiano amanheceram pichados com frases como "fora Asssumpção" e "queremos títulos". O presidente Maurício Assumpção tem sido o principal alvo de parte dos torcedores, embora exista a suspeita de alguns movimentos serem com finalidades políticas.

No sábado passado, enquanto o time de juniores era goleado pelo Boavista por 5 a 2 pelo Troféu Carlos Alberto Torres, espécie de prêmio de consolação para quem ficou de fora da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, um grupo de 50 torcedores organizou um protesto na arquibancada de São Januário. Logo depois da partida o mesmo grupo se dirigiu para protestar em General Severiano e o clima só não ficou pior porque funcionários do clube decidiram chamar a Polícia Militar.

Isso sem falar em um grupo de torcedores que compareceu ao Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro para receber com xingamentos e protestos a delegação que retornou de Florianópolis (SC) após a eliminação para o Avaí, na Copa do Brasil. Dentre as reclamações mais ouvidas aparecem a contratação de reforços de peso e a dispensa de jogadores que estão sendo muito hostilizados, como o lateral direito Alessandro e o volante Fahel. Os dois devem integrar uma barca que vai sair de General Severiano levando ainda o lateral esquerdo Márcio Azevedo, o lateral direito Flávio Pará, o apoiador Fabrício e o atacante Laio.

veja também