MENU

Abaixo-assinado pede a países do G20 que congelem bens de Mubarak

Abaixo-assinado pede a países do G20 que congelem bens de Mubarak

Atualizado: Sexta-feira, 18 Fevereiro de 2011 as 3:53

Cerca de 450 mil pessoas participaram de um abaixo-assinado, lançado no início da semana na internet, pela ONG Avaaz, para pedir aos países do G20 "o congelamento dos bilhões de dólares do presidente egípcio deposto Hosni Mubarak, supostamente depositados em seus bancos.

A informação foi dada pela própria ONG, durante manifestação em Paris, coincidindo com a abertura da reunião do G20.

Participantes de uma passeata levavam uma faixa com os dizeres "congelem agora os bilhões de Mubarak", em francês e em inglês, atrás de uma pilha de cartões dourados que davam a ideia de uma pirâmide de lingotes de ouro, levantada na praça Trocadéro, em frente à torre Eiffel.     "Pedimos aos ministros das Finanças do G20, reunidos neste final de semana em Paris, que congelem os bens imediatamente, para evitar que desapareçam. Em seguida, será preciso uma investigação sobre como este dinheiro foi obtido e devolvê-lo ao povo egípcio", explicou Alex Wilks, membro da Avaaz.

Segundo a ONG, que diz ter como base estimativas feitas pela imprensa árabe, "Hosni Mubarak poderia ter roubado até US$ 70 bilhões em 30 anos em seu país".

Até o momento, a Suíça é o único país que decidiu congelar os bens que poderia deter na Confederação Helvética o presidente egípcio afastado e de pessoas próximas.    

veja também