MENU

Ação anti-Osama 'foram os 38 min mais intensos da vida', diz Hillary

Ação anti-Osama 'foram os 38 min mais intensos da vida', diz Hillary

Atualizado: Quinta-feira, 5 Maio de 2011 as 10:10

"Foram os 38 minutos mais intensos da minha vida", afirmou a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, ao comentar nesta quinta-feira (5) a operação que matou o líder da rede terrorista da al-Qaeda, Osama bin Laden, no Paquistão.

A fotografia angustiada de Hillary enquanto acompanhava a operação militar foi vista em todo o mundo.

Hillary Clinton, que está em Roma para participar na reunião do Grupo de Contato sobre a Líbia, advertiu em uma entrevista coletiva que "não divulgará detalhes da operação". "Foi uma operação de acordo com as máximas normas de profissionalismo", disse a secretária, para quem "Bin Laden era o inimigo jurado dos Estados Unidos e um perigo para a humanidade inteira".

"Os crimes que cometeu provocaram milhares de mortes, sobretudo de muçulmanos."

"Sua ideologia estava impregnada de violência e, felizmente, é rejeitada nos acontecimentos atuais no Oriente Médio e norte da África, onde as pessoas protestam pacificamente", comentou.

veja também