MENU

Acusada de matar amiga em jogo sexual não é 'diabólica', diz advogada

Acusada de matar amiga em jogo sexual não é 'diabólica', diz advogada

Atualizado: Terça-feira, 27 Setembro de 2011 as 9:17

A estudante norte-americana Amanda Knox, acusada do assassinato de uma colega de quarto na Itália, não é a "devoradora de homens" retratada no tribunal, disse nesta terça-feira (28) em Perugia, Itália, uma advogada de seu ex-namorado.

Giulia Bongiorno, advogada de Raffaele Sollecito, disse que Amanda pode ser comparada à personagem de desenho animado Jessica Rabbit e que era uma jovem tola que mal falava italiano quando foi acusada da morte de sua colega Meredith Kercher, em 2007.

A estudante norte-americana Amanda Knox deixa o tribunal

nesta terça-feira (27) em Perugia, Itália (Foto: AP)    

"Knox poderia ser comparada a Jessica Rabbit", disse Giulia. "Ela pode parecer uma devoradora de homens. Na realidade, ela era uma mulher crédula e apaixonada."

Jessica Rabbit é uma personagem voluptuosa mas tola, que apareceu no desenho animado "Uma cilada para Roger Rabbit", em 1988.

A advogada argumentou que não há provas ligando seu cliente ao assassinato e disse que ele foi implicado no caso apenas porque estava saindo com Amanda na época.

O veredicto deve sair no final desta semana ou no começo da próxima. Parentes de Amanda afirmaram ter esperança que ela seja libertada.

veja também