MENU

Agência divulga foto de dedo do astrônomo Galileu Galilei

Agência divulga foto de dedo do astrônomo Galileu Galilei

Atualizado: Segunda-feira, 23 Novembro de 2009 as 12

Foto divulgada nesta sexta-feira (20) mostra um dedo da mão direita de Galileu Galilei. O dedo foi removido em 1737 do cadáver do astrônomo, quando estava sendo trasladado para a tumba da Basílica de Santa Croce. Também foi anunciado hoje que outros dois dedos e um dente, considerados perdidos por mais de um século, foram localizados por acaso por um colecionador e serão exibidos ao público pela primeira vez na primavera de 2010 (Hemisfério Norte) na reabertura do Instituto e Museu de História da Ciência de Firenze, na Itália. 

Em 1609, o matemático, físico e filósofo italiano Galileu Galilei apresentou às autoridades de Veneza uma versão aperfeiçoada do telescópio - inventado no ano anterior pelo alemão-holandês Hans (ou Johann) Lippershey. Cerca de 20 anos mais tarde, a Igreja Católica julgou e condenou o cientista, hoje tido como fundador da astronomia moderna, por heresia. Ele foi sentenciado por questionar a teoria, tida como correta na época, de que o Sol girava em torno da Terra.

Embora os fundamentos da teoria Heliocêntrica - segundo a qual o Sol estaria no centro do sistema solar - tenham sido estabelecidos previamente pelo polonês Nicolau Copérnico, foram os instrumentos e observações de Galileu que permitiram provar a teoria. Em 1633, Galileu foi forçado a desmentir a teoria e condenado à prisão domiciliar. Ele morreu em 1642.

Só em 1992 o papa João Paulo II declarou que a decisão da Igreja Católica foi um erro e que os católicos não são hostis à ciência.

veja também