MENU

Air France e Airbus são chamadas a audiência sobre queda do voo AF447

Air France e Airbus são chamadas a audiência sobre queda do voo AF447

Atualizado: Quinta-feira, 24 Fevereiro de 2011 as 3

A Air France e a Airbus foram convocadas a comparecer no dia 17 de março à Justiça da França a uma audiência sobre a investigação do acidente com o voo AF447 Rio-Paris, que resultou na morte de todas as 228 pessoas a bordo em 2009, disse nesta quinta-feira um advogado da Air France.

"Trata-se de um primeiro comparecimento em vista de uma possível análise do caso", disse à Reuters Fernand Garnault, advogado da aérea.

O advogado anunciou a convocação depois de uma reunião com familiares das vítimas.

"Isto supõe uma revoravolta, pois esta convocação com a possibilidade de uma acusação demonstra que a juíza tem elementos técnicos suficientes para iniciar um processo", comentou Olivier Morice, um dos advogados dos parentes e da associação.

O acidente ocorreu em 31 de maio de 2009, sobre o Oceano Atlântico, próximo à costa brasileira.

Uma quarta operação de busca do Airbus A330 de Air France começará no dia 20 de março em uma vasta zona até agora inexplorada, segundo o Escritório de Investigações e Análises francês (BEA).

Desta vez, os investigadores decidiram "explorar de forma sistemática uma área de 10.000 km2" que até o momento não foi vasculhada.

A operação será feita com a ajuda de um navio e de um veículo submarino.

Apenas 3% da carcaça do avião e 50 corpos foram recuperados do fundo do mar. O maior objetivo da missão, porém, é localizar as caixas-pretas da aeronave, que ajudariam a esclarecer o que provocou a tragédia.

O BEA acredita que um defeito nas sondas (sensores de velocidade) Pitot do fabricante francês Thales foi um dos fatores do acidente, mas diz que alcançar uma explicação definitiva para a queda do avião é impossível sem as informações das caixas-pretas.    

veja também