MENU

Alemanha não acredita em vitória militar no Afeganistão

Alemanha não acredita em vitória militar no Afeganistão

Atualizado: Sexta-feira, 11 Dezembro de 2009 as 12

O ministro da Defesa da Alemanha, Karl-Theodor zu Guttenberg, disse que o conflito no Afeganistão não pode ser vencido por meios militares e pediu por mais ajuda ao país, antes de fazer uma visita às tropas nesta sexta-feira (11).

Os comentários vêm em um momento em que a Alemanha analisa se enviará mais tropas ao país.

A Alemanha já tem 4.400 soldados no Afeganistão, o terceiro maior contingente da missão da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no país, e os Estados Unidos querem que Berlim e seus demais aliados enviem até 7.000 tropas adicionais.

Na semana passada, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou que planeja enviar mais 30 mil soldados dos americanos ao país para conter a violência, que atingiu os piores níveis desde a derrubada do Taleban, em 2001.

Em entrevista à emissora alemã ZDF, Guttenberg afirmou:

''O Afeganistão não será vencido por meios militares''.

O ministro disse que as forças da Otan precisam encontrar uma "maneira sensata" de se retirar do Afeganistão. Ele se recusou a comentar se a Alemanha atenderá ao apelo norte-americano para aumentar sua presença no país.

Guttenberg disse que os militares ainda são necessários para proteger as equipes de ajuda civis e para treinar as forças de segurança afegãs:

''Os soldados também estão arriscando suas vidas para que a ajuda para o desenvolvimento aconteça''.

veja também