MENU

Americana é condenada a 5 anos na prisão por tentar vender neto

Americana é condenada a 5 anos na prisão por tentar vender neto

Atualizado: Quinta-feira, 11 Agosto de 2011 as 3:26

Patti Bigbee (Foto: Reprodução/WFTV)

  Uma mulher de Holly Hill, no estado americano da Flórida, foi condenada nesta quinta-feira (11) a cinco anos de prisão por tentar vender o próprio neto ainda bebê, ao preço de US$ 75 mil, equivalente a pouco mais de R$ 121 mil. A notícia foi divulgada pelo site da TV local "WFTV".

Diante do tribunal, ainda em junho, Patti Bigbee alegou que não tem culpa das acusações. Ela foi condenada por uma corte de Daytona Beach. Promotores afirmaram que a mulher organizou a venda e entregou o bebê de apenas oito semanas de vida para um policial disfarçado.

A mãe da criança, Stephanie Bigbee Davis, já havia sido presa por conta da tentativa de venda. Ela foi sentenciada a passar dois anos na prisão.

Uma das provas mostradas pela acusação foram mensagens no Facebook negociando o preço do menino.

Patti Bigbee alegou que estava tentando encontrar um bom lar para a criança, e queria ajudar a filha a pagar suas dívidas. Ela já tinha diversas passagens pela polícia.

O Departamento de Crianças e Famílias informou que a criança está com um ano de idade e permanece em um abrigo de menores.        

veja também