MENU

Americano precisa quebrar o próprio braço ao ficar preso em porta do metrô de Nova York

Americano precisa quebrar o próprio braço ao ficar preso em porta do metrô de Nova York

Atualizado: Terça-feira, 31 Maio de 2011 as 2:15

  Jonathan Lynn quer processar o metrô de Nova York

Um americano quebrou o próprio braço quando ficou preso na porta de um vagão de metrô, em Nova York.

Jonathan Lynn, 32 anos, prendeu o braço na porta, ao tentar entrar no vagão, e se desesperou quando o metrô começou a andar. "Eu comecei a correr junto e gritar. Quando vi a parede se aproximando fiz de tudo para me livrar da porta", contou o rapaz ao jornal "New York Daily News".

Quando finalmente escapou, Lynn estava coberto de sangue e com múltiplas fraturas no braço esquerdo. O americano foi levado a um hospital da cidade e agora quer processar a companhia de metrô de Nova York.

"Meu cliente ficou muito machucado. Para salvar sua vida, ele precisou quebrar o próprio braço", afirmou o advogado Duncan Peterson.

Lynn contou que era por volta de meia-noite, quando saiu da casa de um amigo para pegar o metrô na estação Clinton Hill, que estava vazia. Como a porta do primeiro vagão não abriu, o americano tentou entrar no segundo.

"Eu tentei pegar o metrô, mas a porta fechou. Comecei a gritar e pensei que alguém iria parar o trem. Cheguei a bater nos pilares da estação e machuquei a cabeça", detalhou. "Nunca mais quero entrar nessa estação", completou.          

veja também