MENU

Americanos presos sob suspeita de espionar Irã noivaram, dizem mães

Americanos presos sob suspeita de espionar Irã noivaram, dizem mães

Atualizado: Segunda-feira, 24 Maio de 2010 as 4:53

Dois dos três americanos presos no Irã por quase 10 meses depois de acusados de espionagem, ficaram noivos na prisão e planejam se casar quando foram libertados, anunciaram suas mães nesta segunda-feira (24).

Sarah Shourd, de 31 anos, e Shane Bauer, de 27, ficaram noivos na prisão de Evine, em Teerã, e querem se casar, disseram as mães em um comunicado da associaçào "Free the hikers", que milita por sua libertação. O terceiro preso, Josh Fattal, de 27 anos, será a testemunha.

As mães dos três presos voltaram no sábado aos Estados Unidos depois de terem viajado infrutiferamente ao Irã para tentar libertar seus filhos.

Shan Bauer, Sarah Shourd e Josh Fattal foram detidos em 31 de julho de 2009 depois de cruzar inadvertidamente a fronteira com o Irã durante uma caminhada na região do Curdistão, norte do Iraque. Teerã os acusou de espionagem, mas as famílias afirmam que eles cruzaram a fronteira por acidente.

A prisão deles complicou ainda mais as relações entre o Irã e os EUA, já abaladas, entre outros motivos, por causa do programa nuclear iraniano.

veja também