MENU

Após castigar Bahamas, furacão Irene inicia trajetória rumo aos EUA

Após castigar Bahamas, furacão Irene inicia trajetória rumo aos EUA

Atualizado: Sexta-feira, 26 Agosto de 2011 as 8:51

O litoral nordeste dos Estados Unidos, incluindo a capital, Washington, e o centro financeiro Nova York, correm para se preparar para a possível passagem do furacão Irene, que deverá atingir a costa do país neste fim de semana.

O Irene, furacão de categoria 3 que no momento castiga as Bahamas, perto do sudeste da Flórida, deve atingir o continente no sábado (27) no leste da Carolina do Norte, antes de subir para o resto do litoral do Atlântico. Seis governadores dos Estados Unidos decretaram situação de emergência por causa da aproximação do furacão.

'O restante do litoral leste está bem dentro do percurso da tempestade', disse o diretor do Centro Nacional de Furacões, Bill Read. 'Sendo um grande furacão, os ventos tropicais com força de tempestade vão se estender bem pelo interior do país.'

Após atingir a costa da Carolina do Norte como um grande furacão na escala de intensidade Saffir-Simpson, de cinco categorias, Read prevê que o Irene continue de forma menos intensa, mas ainda perigosa, como tempestade de categoria 2 ao seguir no domingo rumo à região costeira de Delaware, Maryland e Virginia, e então para Nova York na segunda-feira.

Morador se prepara para a chegada do furacão Irene (Foto: AP)

  'Qualquer desvio adicional pode trazer impacto direto no interior até a região Washington-Baltimore', disse Read. 'Podemos esperar ventos de força tropical ou pior na área da capital federal', afirmou o administrador da Agência Federal de Gerenciamento Emergencial, Craig Fugate, mais cedo.

Fugate informou o presidente norte-americano, Barack Obama, e outras autoridades sobre a ameaça. Segundo ele, as pessoas já estavam sendo retiradas na costa da Carolina do Norte e o mesmo deve ocorrer ao longo da costa leste conforme o Irene se aproxima nos próximos dias.

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, disse que a cidade mais populosa dos Estados Unidos estava se preparando para sofrer ao menos condições de tempestade tropical e enchentes a partir de domingo por causa do Irene, que pode atingir Long Island como um furacão de categoria 2.

'Esperamos pelo melhor, mas nos preparamos para o pior', disse o prefeito em entrevista coletiva, sem descartar que algumas regiões poderiam ser esvaziadas.

A cidade está posicionando barcos de resgate e helicópteros, trabalhando para minimizar as enchentes nas ruas e se preparando nos hospitais.

Irene, o primeiro furacão da temporada de ciclones do Atlântico, já atingiu Porto Rico, República Dominicana, Haiti e as ilhas Turks e Caicos. No sudeste das Bahamas, destruiu 90% das casas em vários locais, cortou o serviço de energia elétrica e provocou inundações.

Se o Irene atingir a terra diretamente nos Estados Unidos, será o primeiro furacão a atingir o local desde que o Ike castigou o Texas, em 2008.          

veja também