MENU

Após protestos, seis opositores são libertados na Síria

Após protestos, seis opositores são libertados na Síria

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 3:37

Seis líderes da oposição na Síria, incluindo cinco detidos durante os protestos contra o regime de Bashar Al Asad, foram soltos, anunciaram, nesta terça-feira (10), um advogado e um ativista dos direitos humanos.   Um juiz decidiu pela soltura de Fayez Sara, detido em 11 de abril; do dirigente do Partido Popular Democrático, Georges Sabra, preso em 10 de abril; e do militante Kamal Cheikho, atrás das grades desde 16 de março, disse o advogado Michel Chammas.

Eles foram liberados após pagar uma fiança de US$ 100 cada um.

Além deles, as autoridades libertaram, na noite de segunda-feira (9), Hassan Abdel-Azim, 80, dirigente de movimentos esquerdistas de oposição, e o jornalista Hazem Al Nahar, que não foram julgados.

O presidente da Organização Nacional dos Direitos Humanos, Ammar Qorabi, divulgou por meio de um comunicado no domingo a soltura do opositor Habib Saleh, que cumpriu pena de três anos pela acusação de "propagar informações falsas".      

veja também