MENU

Após retirada, manifestantes fazem marcha em praça no centro do Cairo

Após retirada, manifestantes fazem marcha em praça no centro do Cairo

Atualizado: Segunda-feira, 14 Fevereiro de 2011 as 11:52

Cerca de 2.000 manifestantes voltaram à Praça Tahrir, na tarde desta segunda-feira (14), horas após a polícia militar e soldados terem retirado as poucas dezenas de manifestantes anti-Mubarak que continuavam no local, no centro do Cairo, palco dos protestos das últimas semanas.

O tráfico de veículos voltou a ser interrompido, segundo testemunhas.

Três dias após a queda do regime, a maioria das faixas anti-Mubarak haviam sido removidas da praça, mas fotos de jovens egípcios mortos durante os protestos e chamados de 'mártires da revolução' continuam penduradas nos postos de iluminação pública.     No domingo, o governo militar do Egito dissolveu o Parlamento, suspendeu a Constituição e afirmou que pretende governar por apenas seis meses ou até que as eleições aconteçam.     Numa declaração, o Conselho Supremo Militar, que assumiu o poder depois que 18 dias de protestos puseram fim aos 30 anos de governo de Mubarak, prometeu fazer um referendo sobre emendas constitucionais. A resposta inicial dos integrantes da oposição e de líderes do protesto foi extremamente positiva.

Bolsa

A Bolsa do Egito anunciou nesta segunda um novo adiamento na reabertura das operações, suspensas desde o fim de janeiro.

As sessões da Bolsa de Valores deveriam reabrir nesta quarta-feira, mas um dos responsáveis pela Bolsa do Egito, Khaled Siyam, disse que também não haverá operações nesse dia, tampouco na quinta-feira.

Siyam, no entanto, não confirmou se a reabertura será no dia útil seguinte, 20 de fevereiro.    

veja também