MENU

Ataque atribuído aos EUA mata 11 militantes no Paquistão

Ataque atribuído aos EUA mata 11 militantes no Paquistão

Atualizado: Segunda-feira, 20 Junho de 2011 as 10:28

Aviões teleguiados atribuídos aos Estados Unidos atiraram mísseis contra a região paquistanesa de Kurram nesta segunda-feira, matando ao menos 11 militantes., nove deles integrantes de um grupo afegão que está combatendo as forças ocidentais no Afeganistão, disseram autoridades locais.

Forças norte-americanas intensificaram os ataques de mísseis por aviões não tripulados nas regiões fronteiriças do Paquistão desde a morte de Osama bin Laden pelas forças especiais dos EUA no país, em 1º maio. Os EUA, contudo, raramente confirmam os ataques.

Uma contagem da agência de notícias Reuters baseado em informações divulgadas pelas autoridades da inteligência indica que ao menos 77 pessoas morreram nesse tipo de ataque neste mês, segundo registros da Reuters.

A maioria desses ataques tiveram como foco o Waziristão --maior santuário da Al Qaeda e do Taliban-- mas o ataque desta segunda-feira teve como alvo o Kurram, outra região tribal ao norte de Waziristão.

Segundo uma autoridade de inteligência em Kurram, quatro mísseis foram lançados contra dois complexos militares e um veículo na área de Khardand, baluarte de um dos comandantes locais, Fazal Saeed.

Saeed tem ligações próximas com a rede Haqqani --um dos grupos militantes afegãos mais temidos que estão lutando contra as forças norte-americanas na região da fronteira com o Afeganistão, segundo autoridades.

"Onze militantes foram mortos. Nove deles eram afegãos, supostamente com ligações ao grupo Haqqani", disse outra autoridade. Os outros militantes eram paquistaneses, segundo ele.

veja também