MENU

Ataque suicida em centro militar deixa 20 mortos no Paquistão

Ataque suicida em centro militar deixa 20 mortos no Paquistão

Atualizado: Quinta-feira, 10 Fevereiro de 2011 as 9:36

Pelo menos 20 pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas nesta quinta-feira, 10, em um ataque suicida contra um centro de recrutamento militar na cidade paquistanesa de Mardán, informaram fontes oficiais.  

O atentado aconteceu em uma instalação do Regimento de Punyab situada em Mardán, na província de Khyber-Pakhtunkhwa, segundo um porta-voz militar.

Um adolescente com um uniforme escolar conseguiu entrar no local e explodir o colete que levava.

A fonte militar assegurou que 20 pessoas morreram no atentado, sem especificar se são todos soldados.

Fonte da Polícia de Mardán acrescentou que o ataque ocorreu quando as vítimas rezavam e também não pôde esclarecer a identidade dos mortos.

O centro se encontra em uma zona militar restrita, como muitas outras no país que abrigam instalações ou academias militares. Por isso, lançar ataques contra estes centros costuma ser mais complicado que em mercados ou mesquitas.

A polícia e o exército são alvos frequentes dos grupos insurgentes, que combatem as forças de segurança em vários pontos do conflituoso noroeste paquistanês e em áreas tribais fronteiriças com o Afeganistão.    

veja também