MENU

Atentado contra academia paramilitar mata ao menos 68 no Paquistão

Atentado contra academia paramilitar mata ao menos 68 no Paquistão

Atualizado: Sexta-feira, 13 Maio de 2011 as 11:33

Um atentado suicida com duas explosões matou ao menos 68 pessoas e feriu outras 30 na manhã desta sexta-feira (13) em uma academia de policiais paramilitares, localizada no noroeste do Paquistão, informou a polícia local.

Duas explosões ocorreram quando cadetes do centro de treinamento se preparavam para pegar os ônibus ao final de dez dias de curso, disse o chefe da polícia do distrito de Charsadda, Nisar Khan Marwat.

“Os recém-formados já estavam em trajes civis”, afirmou Marwat. “A maior parte das vítimas pertencia ao grupo paramilitar”, acrescentou.

Duas explosões ocorreram quando cadetes deixavam centro de treinamento em uma academia de policiais paramilitares. (Foto: Hasham Ahmed / AFP)

  Segundo Nisar Khan Marwat, a primeira explosão foi um ataque suicida. Mas não há ainda informações sobre a natureza da segunda explosão.

Segundo a polícia, o número de mortos não é definitivo e pode aumentar. As agências internacionais noticiam que o número de mortos varia entre 68 e 73.

Ainda de de acordo com a polícia, nenhum grupo havia assumido responsabilidade pelas bombas. Mas as suspeitas recaem sobre militantes do Talibã, que já mataram centenas de pessoas em outros ataques no Paquistão nos últimos anos.

O Paquistão se tornou foco das atenções internacionais nos últimos dias por ter sido em uma cidade próxima à capital Islamabad que forças americanas mataram o líder da al-Qaeda, Osama Bin Laden, em 1º de maio.      

veja também