MENU

Bebê de 23 dias e idosa são resgatados de escombros no Haiti

Bebê de 23 dias e idosa são resgatados de escombros no Haiti

Atualizado: Quarta-feira, 20 Janeiro de 2010 as 12

Mais de uma semana após a tragédia no Haiti, sobreviventes ainda são resgatados dos escombros pelas equipes de resgate. Um bebê de 23 dias foi retirado com vida de uma casa de Jacmel, sul do Haiti, por uma equipe de socorro francesa, informou nesta quarta-feira a rádio France Inter.

O bebê, uma menina chamada Elisabeth, foi descoberto numa cavidade sob as ruínas da casa depois de cinco horas de esforços. Um tio da menina informou que ela tem 23 dias de vida. A criança foi leva para um hospital de campanha montado pelos norte-americanos.

Outro sobrevivente é uma haitiana de cerca de 70 anos que foi resgatada dos escombros da Catedral de Porto Príncipe por bombeiros mexicanos que se emocionaram ao ouvi-la cantando depois de uma semana soterrada.

Os socorristas se abraçaram chorando enquanto a senhora, coberta de pó, era colocada numa maca improvisada onde recebeu soro intravenoso e um cobertor térmico antes de ser levada para um hospital.

Anna Zizi foi resgatada duas horas antes de completar exatamente uma semana da ocorrência do terremoto que devastou o país.

"Nunca perdi a esperança. Nunca. Rezamos muito", afirmou o filho de Zizi, Maxime Janvier, entrevistado nos Estados Unidos pelo canal CNN pouco depois de receber a notícia.

Uma mulher de 25 anos também foi resgatada com vida e em bom estado de saúde na noite de terça-feira dos escombros de um pequeno comércio de Porto Príncipe.

"Ela estava consciente e até nos ajudou no resgate fazendo força para sair mais rápido", contou Thiery Cerdán, do grupo Socorristas Sem Fronteiras, que trabalhou junto com bombeiros haitianos e uma equipe americana nesse resgate que durou mais de nove horas.

"Conseguir tirar alguém vivo sete dias depois é algo extraordinário", explicou Bruno Besson, outro socorrista.

As equipes de socorro internacionais salvaram até o momento 121 pessoas presas nos escombros do terremoto que devastou o Hati na terça-feira (12), segundo informações divulgadas nesta quarta-feira pela Agência de Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU (OCHA).

Muitos sobreviventes foram retirados dos escombros na terça-feira, uma semana depois da catástrofe, afirmou a porta-voz da OCHA em Genebra, Elisabeth Byrs. "São os salvos por um milagre no sétimo dia", afirmou.

De acordo com o último balanço do governo haitiano, já são 75 mil mortos, 250 mil feridos e um milhão de desabrigados na tragédia.

veja também