MENU

Cai o número de latino-americanos residentes na Espanha

Cai o número de latino-americanos residentes na Espanha

Atualizado: Segunda-feira, 3 Janeiro de 2011 as 4:16

O número de estrangeiros de fora da União Europeia (UE) residentes na Espanha diminuiu 6,5% nos nove primeiros meses de 2010, segundo o Observatório Permanente da Imigração (OPI) espanhol, que destacou uma queda concentrada, sobretudo no número de latino-americanos com residência legal, com uma retração de 6,11% na cifra de brasileiros residentes.

A quantidade de não europeus com permissão de residência (2,3 milhões) caiu 6,49% entre janeiro e setembro, embora esta redução tenha sido muito mais abrupta no caso dos latino-americanos, segundo o último relatório do OPI, subordinado ao ministério de Trabalho e Imigração.

Em setembro de 2010, viviam na Espanha 4,7 milhões de estrangeiros.

Entre os cidadãos de Equador e Argentina, o número de residentes na Espanha caiu 16,9% em nove meses e 11,4% entre os colombianos.

O número de equatorianos residentes caiu 17,32% entre setembro de 2009 e septembro de 2010, o de argentinos, 16,45% no mesmo período, e algo menos o de peruanos (-5,78%), cubanos (-5,23%) e bolivianos (-2,28%).

Segundo o OPI, a diminuição de residentes estrangeiros, sobretudo latino-americanos, se deve à "obtenção da nacionalidade espanhola", "à participação nos programas de retorno voluntário promovidos pelo governo espanhol" e "aos retornos espontâneos devido às constrições atuais do mercado de trabalho espanhol".

veja também