MENU

Caixas-pretas do voo 447 chegarão à França na quinta, diz órgão francês

Caixas-pretas do voo 447 chegarão à França na quinta, diz órgão francês

Atualizado: Terça-feira, 10 Maio de 2011 as 3:48

  O Escritório Francês de Investigação e Análises (BEA) divulgou nesta terça-feira (10) que as caixas-pretas do voo 447 serão transportadas na manhã de quinta-feira (12) para a sede do órgão, em Le Bourget, nos arredores de Paris.

Na mesma manhã, segundo o BEA, será realizada uma entrevista coletiva com novas informações a respeito das investigações do voo que caiu sobre o Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo em 2009.

"Os gravadores de voo serão transportados para o BEA durante a manhã de quinta-feira, 12 de maio de 2011. Uma entrevista coletiva para a imprensa será realizada na sede do BEA, em Le Bourget, entre 10h e 12h (entre 3h e 5h no horário de Brasília)", diz o texto publicado no site do órgão.     O BEA informou que participarão da entrevista o diretor do BEA, Jean-Paul Troadec, acompanhado por Alain Bouillard, que comanda a investigação de segurança, e por Christophe Menez, diretor do departamento de engenharia.

Philippe Vinogradoff, representante francês das famílias das vítimas do voo AF 447, também estará presente.

Turbina e computadores

No dia anterior, o órgão francês divulgou que conseguiu resgatar no Oceano Atlântico uma das turbinas e os computadores de bordo do Airbus A330 da Air France.

O BEA também havia antecipado que o navio da Marinha francesa La Capricieuse navega em direção ao porto de Cayenne levando a bordo as caixas-pretas do avião, encontradas na semana passada, e deve chegar à costa da Guiana Francesa na manhã de quarta-feira (11).

Disse ainda que os equipamentos se encontram selados sob ordem judicial, e que devem ser levados à França por avião depois que chegarem à Guiana Francesa.

Corpos danificados

Os corpos "muito danificados" que continuam no interior dos destroços não serão resgatados, disseram os magistrados franceses que investigam o caso, em carta às famílias de vítimas. O objetivo é "preservar a dignidade e o respeito" das vítimas.

Até agora, dois corpos foram resgatados.

Foto tirada no sábado (7) e divulgada nesta segunda (9) mostra pessoas colocando no navio francês La Capricieuse uma caixa com o Flight Data Recorder (FDR), uma das caixas-pretas do Airbus A330 do voo 447 (Foto: AP/BEA)          

veja também