MENU

Carro-bomba atribuído às Farc mata camponeses na Colômbia

Carro-bomba atribuído às Farc mata camponeses na Colômbia

Atualizado: Quarta-feira, 1 Dezembro de 2010 as 11:16

A explosão de um carro-bomba ativado pela guerrilha das Farc, na terça-feira, em um povoado no sudoeste da Colômbia deixou um número indeterminado de mortos, informou o ministro da Defesa, Rodrigo Rivera, que qualificou o ataque de "covarde".

O ministro disse que rebeldes do grupo guerrilheiro Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) ativaram explosivos, que estavam em uma caminhonete no momento em que o veículo passava diante de uma delegacia de polícia na localidade de Vegalarga, no departamento de Huilla. A caminhonete transportava camponeses.

Imagens de TV mostraram que a explosão provocou grande destruição em Vegalarga, povoado localizado perto da cidade de Neiva.

  O comandante das Forças Armadas, almirante Edgar Cely, disse que será necessário um minucioso trabalho forense para estabelecer com exatidão o número de vítimas e sua identidade.

'É muito difícil porque o que sobrou são pedaços (de corpos)', afirmou Cely.

'O governo nacional responsabiliza única e exclusivamente as Farc e a seus comandantes por este ato terrorista que viola todas as normas do direito internacional humanitário', declarou Rivera a jornalistas, ao revelar ainda que oito policiais ficaram feridos.    

veja também