MENU

Carta do Irã à agência nuclear da ONU está cheia de lacunas, diz Hillary

Carta do Irã à agência nuclear da ONU está cheia de lacunas, diz Hillary

Atualizado: Terça-feira, 25 Maio de 2010 as 11:58

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, afirmou nesta terça-feira (25) que a carta que o Irã entregou à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) sobre o acordo fechado com o Brasil e Turquia sobre a troca de urânio está cheia de lacunas.

"Há uma certa quantidade de lacunas que não respondem às preocupações da comunidade internacional", afirmou Hillary Clinton durante o encontro "Diálogo Estratégico e Econômico sino-americano" que acontece durante dois dias em Pequim.

O Irã notificou na segunda-feira a AIEA, em Viena, do acordo a três estabelecido entre Irã, Brasil e Turquia, sobre a troca de urânio. Com a carta, Teerã pretende tranquilizar a comunidade internacional sobre seu programa atômico.

O documento, assinado pelo chefe da Organização de Energia Atômica iraniano, Ali Akbar Salehi foi entregue durante uma reunião na residência na Áustria do diretor geral da AIEA, o japonês Yukiya Amano.

Do encontro, de 40 minutos, participaram diplomatas brasileiros e turcos, países que são membros não permanentes do Conselho de Segurança da ONU.

O pacto entre Irã, Turquia e Brasil, de 17 de maio passado, foi assinado em Teerã durante visita do presidente brasileiro, Luiz Inacio Lula da Silva, e do chefe do governo turco, Recep Tayyip Erdogan. Prevê o intercâmbio na Turquia de 1.200 quilos de urânio enriquecido a 3,5% contra 120 quilos de combustível enriquecido a 20% repassado pelas grandes potências e destinado ao reator nuclear de pesquisa médica de Teerã.

veja também