MENU

Casal aficionado por vulcões viaja o mundo atrás de imagens de lava

Casal aficionado por vulcões viaja o mundo atrás de imagens de lava

Atualizado: Segunda-feira, 3 Outubro de 2011 as 1:53

Donna e Steve O'Meara pesquisam e fotografam formações naturais mortas desde que se conheceram, em 1986. O segundo encontro do casal foi em um helicóptero, testemunhando a erupção do vulcão mais ativo do mundo, o Kilauea, no Havaí. 

Não contentes em observar o violento vulcão à distância, o destemido casal decidiu se casar no topo dele - e depois se mudaram para lá com o cão Daisy Duke.

Donna e Steve O'Meara no dia de seu casamento (Foto: Caters News)

  "Nós passamos nosso segundo encontro sobrevoando Kilauea, e somos inseparáveis desde então", diz Donna, de 55 anos e original de Boston, nos EUA. "No ano seguinte nos casamos no topo do vulcão. Nós usamos trajes formais de casamento, mas garantimos o tênis caso precisássemos correr. Depois que fomos oficializados casados, deixamos nossas pegadas na cinza. A lava provavelmente já apagou a marca agora, mas é romântico pensar que nossas pegadas estão lá em algum lugar." O casal já visitou junto mais de 100 vulcões ativos pelo mundo, tirando fotos impressionantes de erupções e fontes de lava. Eles também pesquisam vulcões e preveem quando irão entrar em erupção, em uma tentativa de salvar as vidas de quem vive ao redor deles.          

veja também