MENU

Mundo

Casamento era de filha de importante líder político local inimigo do Talibã

Atentado suicida durante casamento mata 23 no Afeganistão

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:11

Um homem-bomba matou neste sábado (14) um importante político opositor do Talibãe  outros 22 convidados em um casamento na província de Samangan, no norte do Paquistão, disseram autoridades.
O homem-bomba detonou os explosivos ao abraçar o legislador Ahmad Khan Samangani, que celebrava o casamento de sua filha, disse a polícia. A explosão também matou o chefe da inteligência na província e um importante comandante policial.


Samangani era próximo do líder uzbeque Abdul Rashid Dostum, e comandava milhares de homens na região. Os uzbeques são parte de uma delicada coalizão de tribos de minoria que combatem o Talibã regionalmente.
O ataque, que está entre os mais violentos dos últimos meses, aumenta o risco de uma deterioração na segurança da relativamente pacífica província, disseram especialistas.

Um porta-voz dos insurgentes talibãs, Zabihullah Mujahid, assegurou à agência afegã 'AIP' que suas milícias estavam ao corrente do fato, mas disse não estar em posição de reivindicar a responsabilidade.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições