MENU

Chávez aconselha venezuelanos a usar lanterna para ir ao banheiro

Chávez aconselha venezuelanos a usar lanterna para ir ao banheiro

Atualizado: Quarta-feira, 4 Novembro de 2009 as 12

Ir ao banheiro à noite com uma lanterna ao invés de acender a luz, fazer visitas surpresa às grandes empresas para avaliar o consumo das mesmas e multar quem desperdiçar energia elétrica: estas serão as medidas adotadas para economizar energia na Venezuela, segundo o presidente Hugo Chávez.

''Se você levanta às três da madrugada para ir ao banheiro, compadre, por quê gastar este pouco de luz? Deixe a lanterna ali, na mesa de cabeceira''.

Chávez aprovou na terça-feira (3) R$ 335,13 milhões (413 milhões de bolívares ou US$ 192 milhões) para projetos do setor elétrico no restante de 2009.

O objetivo é obter uma economia de energia de 20% que alivie um sistema elétrico em colapso pela crescente demanda.

Como exemplo, o chefe de Estado citou o ''esbanjamanto'' de luz dos grandes centros comerciais e determinou que estes adotem medidas para gerar ''sua própria eletricidade''.

Também citou grandes empresas como o grupo privado de alimentação Polar e antecipou inspeções em todas.

Chávez pediu ao vice-presidente, Ramón Carrizález, que corte o fornecimento de energia das instituições do Estado que não obedeçam as normas.

Desde abril de 2008, a Venezuela foi cenário de pelo menos quatro apagões de alcance nacional e outros de menor alcance. O setor, nacionalizado em 2007, precisa de uma importante injeção financeira para ser modernizado e ampliar a capacidade de geração.

veja também