MENU

China aprova US$ 1 milhão em ajuda humanitária à Faixa de Gaza

China aprova US$ 1 milhão em ajuda humanitária à Faixa de Gaza

Atualizado: Terça-feira, 6 Janeiro de 2009 as 12

O governo chinês anunciou hoje, dia 6, que vai enviar US$ 1 milhão em ajuda humanitária urgente à população da Faixa de Gaza e apelou para o fim imediato das operações militares na região, informa a agência Lusa.

O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês, Qin Gang, disse que o país "está profundamente preocupado com a deterioração da situação humanitária" na Faixa de Gaza e pronto “para colaborar com a comunidade internacional para promover um rápido cessar-fogo".

A China mantém boas relações políticas e econômicas com Israel e outros países do Oriente Médio, além de ser um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Ontem, dia 5, o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, se mostrou preocupado com os combates na região, mas afirmou que não quer intervir na negociações conduzidas pela atual administração.

Foi a primeira vez que Obama falou sobre o assunto, desde o início da ofensiva israelense. "Continuo a insistir no fato de que em matéria de negócios estrangeiros é muito importante aderir ao princípio de uma só presidência", disse.

O Departamento de Estado norte-americano anunciou o cancelamento da ida da secretária de Estado, Condoleezza Rice, à China, prevista para os dias 7 e 8 deste mês, para que ela possa se dedicar às discussões sobre o conflito no Oriente Médio.

veja também