MENU

China inicia censo populacional com mais de 6 milhões de pesquisadores

China inicia censo populacional com mais de 6 milhões de pesquisadores

Atualizado: Segunda-feira, 1 Novembro de 2010 as 9:48

A China iniciou nesta segunda-feira (1º) seu sexto censo nacional de população, dez anos depois do último. O objetivo é ter uma imagem clara e atualizada da demografia do país mais populoso do mundo.

Mais de seis milhões de pesquisadores em todo o país, cem mil em Pequim, visitarão até o próximo dia 10 mais de 400 milhões de casas, incluindo aquelas onde vivem estrangeiros, para coletar as informações na primeira etapa do censo.

Um dos obstáculos ao censo é o deslocamento maciço de migrantes, que temerosos da legislação sobre os filhos únicos, podem responder na cidade onde trabalham que a prole que deixou em suas localidades de origem é menor.   A imprensa chinesa destaca que a falta de preparação dos pesquisadores que responderam à convocação - muitos deles aposentados - pode causar erros.

Em Pequim, cada investigador deve entrar em uma média de 80 casas e enfrentar também a cada vez maior oposição e desconfiança da população em proteger seus dados. Caso as portas não forem abertas, a polícia pode ser acionada.

Também foram estabelecidos pontos centrais que os cidadãos poderão visitar voluntariamente caso não queiram ser incomodados em casa.

Em uma segunda etapa, de 11 a 30 de novembro, será efetuada outra fase de entrevistas, mas desta vez com visitas em uma a cada dez mil habitantes escolhidos mediante sorteio e que deverão preencher um formulário mais longo e com mais dados, segundo explicaram funcionários do Escritório Nacional de Estatísticas.

O Escritório lembrou que os dados de população recolhidos em um exercício que custará cerca de 80 milhões de euros serão utilizados pelos governos central e locais para estabelecer infraestruturas escolares e sanitárias, entre outros.

Durante o mês de dezembro os dados serão processados, e os resultados definitivos devem ser publicados no fim de abril de 2011.

No censo de há dez anos, o último efetuado na China, a população era de 1,3 bilhão de pessoas.    

veja também