MENU

China soube da morte de Kim Jong-il no mesmo dia, diz jornal

China soube da morte de Kim Jong-il no mesmo dia, diz jornal

Atualizado: Quarta-feira, 21 Dezembro de 2011 as 10:02

A China, principal aliada da Coreia do Norte , soube no sábado (17) que o líder norte-coreano Kim Jong-il havia morrido naquele dia, dois dias antes da declaração oficial feita para o restante do mundo , informou um jornal sul-coreano nesta quarta-feira (21).

O jornal "JoongAng Ilbo" citou uma fonte não identificada em Pequim afirmando que o embaixador chinês na Coreia do Norte havia recebido informações de inteligência sobre a morte de Kim, e teria relatado a ocorrência para a capital chinesa em 17 de dezembro, dia da morte dele. O líder morreu de um aparente ataque cardíaco enquanto estava viajando em seu trem.

"A Coreia do Norte informou a China sobre a morte de Kim por meios diplomáticos no dia seguinte", disse uma fonte citada no jornal.

TV estatal divulgou imagem do velório do ditador (Foto: AP/HO/North Korean TV) O Ministério de Relações Exteriores da Coreia do Sul havia dito em coletiva de imprensa na terça-feira (20) que a China não sabia da morte antes do pronunciamento oficial da Coreia do Norte. "Ouvimos diversas vezes que [a China] não soube [da morte de Kim] antes", disse o porta-voz do ministério, Cho Byung-jae.

Altas autoridades da inteligência e das forças militares sul-coreanas foram criticadas por não terem ficado cientes da morte de Kim antes do informe oficial da Coreia do Norte.

Quando o presidente sul-coreano, Lee Myung-bak, partiu para uma visita diplomática ao Japão na semana passada, o líder norte-coreano, Kim Jong-il , já estava morto havia quatro horas, indicando que nem Seul e nem Tóquio -- ou Washington -- faziam ideia de seu falecimento.          

veja também