MENU

Ciclone Yasi chega à Austrália

Ciclone Yasi chega à Austrália

Atualizado: Quarta-feira, 2 Fevereiro de 2011 as 1:57

O ciclone de intensidade máxima Yasi chegou à costa da Austrália nos primeiros minutos desta quinta-feira (2), acompanhado por ventos violentos, anunciou o serviço meteorológico australiano.

"O núcleo destrutivo do ciclone Yasi está começando a atravessar a costa entre Innisfail e Cardwell, provocando grandes ondas", afirma um comunicado da Agência de Meteorologia.

Yasi teve sua classificação revista para o mais alto nível de ameaça, e os meteorologistas alertam que pode ser a tempestade mais perigosa já vista em gerações, rivalizando com o Katrina, que destruiu a cidade americana de Nova Orleans em 2005.     O ciclone tropical Yasi foi elevado à categoria de tempestade de categoria cinco, com ventos superiores a 250 km/h..

"Este ciclone é enorme e perigoso", advertiu a primeira-ministra do estado, Anna Bligh. "Pode causar mortos e devemos levar a ameaça a sério", acrescentou.

Autoridades informaram que moradores e turistas da costa nordeste australiana já estavam sendo retirados na terça-feira, antes da chegada do ciclone.

Os moradores das áreas mais ameaçadas receberam ordens para deixar suas casas. Nove mil pessoas devem ser retiradas dos arredores de Cairns nas próximas horas e o hospital da cidade se preparava para transferir, com ajuda de um avião militar, mais de 250 pacientes.

O ciclone Yasi está sobre o mar de Coral, em frente à costa nordeste da Austrália. Estima-se que chegue ao litoral entre Cairns, cidade de 122.000 habitantes, e Innisfail, povoado de 10 mil habitantes, 100 km ao sul de Cairns.

Os meteorologistas estimam que seus ventos e chuvas castigarão locais em um raio de centenas de quilômetros, e calculam a extensão de sua "frente" em 650 km.

Segundo a meteorologia, as fortes chuvas na região estão apenas começando. "Esperamos que as condições de La Niña vão continuar por pelo menos alguns meses -o que significa uma estação de ciclones tropicais ativa para a Austrália, com mais chuva forte e inundações em Queensland" disse o meteorologista Tom Saunders, do Weather Channel.    

veja também