MENU

Cientista acha registro mais velho de cão doméstico na América

Cientista acha registro mais velho de cão doméstico na América

Atualizado: Quarta-feira, 19 Janeiro de 2011 as 9:34

Um cientista da Universidade de Maine, nos EUA, diz ter encontrado um pedaço de osso de cão doméstico de quase 9.400 anos. O objeto, que estava em uma caverna no Texas, é o registro mais velho de convivência entre homens e cães na América.

O autor da descoberta, Samuel Belknap III, encontrou o osso enquanto analisava lixo deixado por habitantes pré-históricos. Como o objeto estava em uma pilha de excrementos humanos e tinha a cor característica que recebe quando passa pelo sistema digestivo, Belknap suspeita que o bicho tenha sido comido por humanos.    

veja também