MENU

Colonos israelenses iniciam construções ilegais na Cisjordânia

Colonos israelenses iniciam construções ilegais na Cisjordânia

Atualizado: Quinta-feira, 23 Dezembro de 2010 as 2:18

Colonos israelenses começaram a construir pelo menos cem moradias ilegalmente na Cisjordânia desde o fim da moratória sobre a construção em zonas ocupadas, disse nesta quinta-feira o secretário-geral da ONG (organização não governamental) A Paz Agora - movimento israelense contra a colonização -, Yariv Oppenheimer.

- Desde o final da suspensão da construção em setembro, pelo menos cem casas começaram a ser construídas na Cisjordânia.

Já o secretário-geral da Yesha - principal organização dos colonos -, Danny Dayan, assinalou à rádio militar que não se encontrava em condições de confirmar ou negar as cifras de A Paz Agora.

Apesar da pressão da comunidade internacional, o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, se negou a prolongar a moratória parcial da construção de colônias na Cisjordânia, que chegou a seu fim em 26 de setembro.

No dia 1º deste mês, o governo israelense anunciou planos para a construção de novas casas em uma parte da Cisjordânia anexada ao município de Jerusalém. A decisão deve dificultar ainda mais a retomada do processo de paz com os palestinos.

A construção de 625 casas na localidade de Pisgat Zeev, que fica ao lado de Jerusalém Oriental, a parte árabe da cidade, foi aprovada uma semana antes pelo Ministério do Interior, cerca de dois anos depois de a proposta ter sido apresentada, segundo a Rádio Israel.

O governo insiste que as áreas urbanas anexadas a Israel depois da conquista de 1967 nunca estiveram incluídas nessa moratória. Mas a anexação de partes da Cisjordânia ao território israelense não foi reconhecida pela comunidade internacional.

 

veja também