MENU

Confrontos matam 14 civis e 17 soldados na Síria, diz entidade

Confrontos matam 14 civis e 17 soldados na Síria, diz entidade

Atualizado: Segunda-feira, 10 Outubro de 2011 as 9:34

Pelo menos 14 civis e 17 soldados e membros das forças de segurança morreram no domingo em atos de violência na Síria , anunciou nesta segunda-feira (10) o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) em um comunicado.

Sete civis foram mortos a tiros em Homs (centro) durante operações do Exército e das forças de segurança, segundo a ONG.

O OSDH informou ainda que os 17 soldados e agentes de segurança morreram em confrontos com militares desertores.

Manifestantes protestam contra a morte do líder oposicionista

curdo Meshaal al-Tammo em Amude neste domingo (9) (Foto: Reuters)

  "Um clima de guerra foi criado no domingo em Homs, onde explosões foram ouvidas por todas as partes em meio aos disparos de metralhadoras. Muitas casas foram destruídas. Nove pessoas morreram e dezenas de pessoas ficaram feridas. Os agentes das forças de segurança e as milícias partidárias do regime impediram que as ambulâncias retirassem os feridos", afirma um comunicado dos Comitês Locais de Coordenação (LCC), que organizam os protestos no país.     No domingo, o regime sírio advertiu que pretende adotar medidas contra os países que reconhecerem o Conselho Nacional Sírio (CNS), um organismo que reúne a maioria dos movimentos contrários ao presidente Bashar al Assad.

Segundo a ONU, mais de 2.900 civis morreram na Síria desde março.        

veja também