MENU

Conselheiro diplomático de Kadhafi renuncia na Líbia

Conselheiro diplomático de Kadhafi renuncia na Líbia

Atualizado: Domingo, 3 Abril de 2011 as 2:21

Ali Tikri, alto diplomata líbio, renunciou ao cargo de conselheiro do coronel Muammar Kadhafi e se tornou mais uma pessoa próxima ao ditador a abandonar o regime, informaram neste domingo (3) autoridades da Liga Árabe.

Triki, ex-ministro das Relações Exteriores e das Relações Africanas, que também representou a Líbia na ONU e na França, se reuniu no Cairo com o secretário-geral da Liga Árabe, Amr Mussa, mas se recusou a falar com a imprensa.

Ele renunciou ao cargo, mas não anunciou se passou ao lado dos rebeldes que desejam derrubar Kadhafi, afirmaram fontes da Liga Árabe.

Também neste domingo, o vice-ministro líbio das Relações Exteriores, Abdelati Laabidi, responsável pelos contatos com os países europeus, viajou à Tunísia, informou a agência estatal do país.

Segundo as testemunhas, Laabidi chegou à fronteira, no posto de Ras Jdir, em um veículo oficial líbio com escolta. O comboio seguiu para Djerba. Segundo a agência de notícias "Reuters", no entanto, Laabidi teria embarcado em outro voo para a Atenas, na Grécia.

A viagem do vice-ministro levanta suspeitas de que possa estar deixando o governo de Muammar Kadhafi, pressionado pelos militantes antigoverno e pela ação militar da Otan para deixar o poder.

No dia 28 de março, o ministro líbio das Relações Exteriores, Mussa Kussa, chegou à Tunísia pela mesma estrada, oficialmente para uma "visita privada".

Dois dias depois, Kussa embarcou em um voo da Swissair de Djerba para Londres, onde anunciou a deserção do regime líbio de Muamar Kadhafi.

Rebeldes avançam

Os rebeldes pareciam ganhar terreno neste domingo ante as forças de Muammar Kadhafi após três dias de combates no leste da Líbia, onde a Otan investiga a morte de 13 pessoas, vítimas segundo os insurgentes de uma ação de "fogo amigo".

Os combates foram retomados na manhã deste domingo nos arredores da cidade petroleira de Brega, onde os rebeldes parecem ter avançado.

Os insurgentes afirmam ter retomado o controle da cidade, que fica 800 km ao leste de Trípoli, e afastado as forças leais a Muamar Kadhafi, mas a batalha prosseguia nas ruas de Brega.

Na entrada da cidade, os rebeldes ocuparam a Universidade do Petróleo, um enorme campus, neste domingo. As forças pró-Kadhafi parecem ter recuado para o oeste.

A região de Brega é cenário há vários dias de combates entre o homens de Kadhafi e os insurgentes. Depois de um rápido avanço para o oeste na semana passada e de um recuo em consequência da pressão das forças do regime, os rebeldes retomaram a vantagem na sexta-feira, auxiliados pelos ataques aéreos da coalizão internacional comandada pela Otan.

veja também